quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Prefeitos do PMDB querem rompimento com o DEM de Rosalba


Lideranças políticas estaduais, prefeitos e vereadores do PMDB, presentes à eleição do deputado Henrique Eduardo Alves como presidente da Câmara dos Deputados, ontem, em Brasília, defenderam, durante almoço na churrascaria “Porcão” e no jantar à noite na casa do parlamentar, a chapa Garibaldi Filho (PMDB) para o governo do Estado e Fátima Bezerra (PT) para o Senado, como o caminho para selar no Rio Grande do Norte a aliança que já acontece entre PT e PMDB no plano nacional.
Na avaliação de prefeitos e lideranças políticas do PMDB, o entendimento é de que o partido deve romper com o governo Rosalba Ciarlini (DEM), que consideram “descendo ladeira abaixo”, conforme constatação da última pesquisa Consult que apresentou índices de reprovação de quase 90% na capital do estado e de 70% no restante do estado.
Na avaliação de um deles, que participou dos encontros desta segunda-feira, “se o PMDB não romper com o governo Rosalba, é arriscado ir junto”, afirmou à reportagem, sob a condição de reserva do seu nome. Neste sentido, segundo este peemedebista, a “pressão” pelo rompimento, especialmente da parte dos prefeitos peemedebistas, é “muito grande”.
Do Jornal de Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário